Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Março 21 2011

Tem dias que escorrega

Morde, dilacera e ri

Outros que beija

Ama, abraça e sorri

 

A poesia é silêncio

É dor, é paixão

É gargalhada de criança

É grito, é união

 

É guitarra, é saudade

É fado e liberdade

 

É orgasmo inquieto

É amargo na escuridão

É certeza de uma vida

É caminho de ilusão

 

É um rasgo da alma

Frida aberta no peito

É escrita desalmada

Dedos que ardem, sem jeito

 

 

 

Vanda Paz

21.03.2011

publicado por Vanda Paz às 17:29
Tags:

Dezembro 23 2010

palavras soltas, desonestas, manchadas

palavras risonhas, modestas, magoadas

palavras de amor, ódio e esperança

palavras de horror, sentimento e abundância

palavras curtas, desordeiras, mentirosas

palavras doces, aromáticas e mal cheirosas

palavras simples, insanas e cruéis

palavras gastas, ocas ou infiéis

palavras mortas, grosseiras, criadas

palavras de silêncio, rameiras ou desenfreadas

palavras de apreço, encanto e gratidão

palavras que sofrem no mais duro coração

 

palavras, palavras, palavras

de mãos dadas pela força da união

 

a todos um Feliz Natal

publicado por Vanda Paz às 17:32
editado por appoetas em 24/12/2010 às 18:26

Julho 12 2010

Quando me nasce a noite na boca
escolho um vinho maduro
para que me escorra na garganta o tempo
enquanto salivo luares alucinados.
O corpo tomba na foz do dia
o olhar acomoda-se naquela mancha na parede
e mastigo uma vindima com sabor a silêncio.
Oiço os cânticos daquele ano
cheiro o suor das vindimadoras e o melaço das uvas
prende-se-me aos lábios a fruta madura
em gotas grossas de vermelho paixão em hora de colheita.

Quando me nasce a noite na boca
descanso o pensamento
nas colinas argilosas viradas ao sol
que desavinham no meu peito mais uma vez.
Viro-me na madrugada que colho
no sentimento mais ébrio do momento
e adormeço na madeira de cada videira
que me alimenta na seiva da vida.

Quando me nasce a noite na boca
descanso com o granjeio de mais um ano
enquanto o prateado do luar é lençol
que protege a vinha neste cio de mão humana.

publicado por Vanda Paz às 22:51
Tags:

Abril 07 2010

 

António Paiva vai lançar mais um livro, chama-se "Livro Imperfeito" e será certamente mais um bom livro para ler e oferecer.

Deixo-vos a agenda das apresentações e espero que se divirtam, eu vou estar presente em Anadia.

 

11 de Abril, às 16:00

Pré-lançamento em Anadia, na Biblioteca Municipal, inserida nas cerimónias de abertura da Feira do Livro.

Apresentação do livro por alunos e professores da Escola Secundária de Anadia e do Colégio Nossa Senhora da Assunção.

 

11 de Abril às 21:30

Lançamento na Fnac Coimbra, inserido no programa da Festa do Livro da Fnac

Apresentação do livro por José António e Rafaela Carvalho

 

14 de Abril, às 16:30

Apresentação em Guimarães, na Fnac Guimarães

 Apresentação do livro por Alexandra Cruz Mendes

 

15 de Abril, às 21:30

Apresentação no Porto, na Fnac Norte Shopping

Apresentação do livro por Sónia Macedo

 

17 de Abril, às 16:30

Apresentação em Lisboa, na livraria Bulhosa

Entrecampos Apresentação do livro por Ana Correia

 

24 de Abril, às 17:30

Apresentação no Funchal, na Fnac Madeira

Apresentação do livro por Édison de Almeida

 

1 de Maio às 21:30

Apresentação em Braga, na Fnac Braga

Apresentação do livro por Tiago Aires

 

 Até já!

publicado por Vanda Paz às 08:56
editado por appoetas em 08/04/2010 às 02:31
Tags:

Abril 06 2010

Na valsa da vida absorvo as cores das flores,

das estrelícias, das rosas, das orquídeas.

Misturo-as nos sentimentos que trago

e tento reencontrar as cores do sorriso.

Junto o canto dos pássaros nas minhas mãos

e componho a melodia do meu silêncio.

Danço com o sol por cima de um manto de neve

e afundo-me em sonhos guardados em blocos de gelo.

Vejo-te num deles... com o amor que trago no olhar

o gelo derrete e tu vens até mim.

Sussurras-me as cores do desejo.

Entregas-me a melodia da nossa loucura...na minha mão.

Percorro o meu corpo em palavras quentes.

Entrego-te o calor da minha voz.

E sempre que a memória me traz os teus lábios...beijo-te.

 

 

VANDA PAZ

in (Brisas do Mar)

publicado por virginiabranco às 18:24
Tags:

Abril 06 2010

Segue o caminho da noite,

não pares.

Não esperes palavras minhas,

segue e vive.

Procura sorrisos,

corpos

que te encantem…

Caminha pelo dia

sem mim.

Preenche os teus pensamentos

com o calor do Sol,

ocupa os teus olhos

com as cores

que encontras…

Não esperes mais por mim,

se quiseres o meu olhar

procura no céu,

estarei lá a brilhar

para ti…

Se quiseres o meu corpo

entra no mar

sentirás a força do meu abraçar.

Mas,

não esperes mais por mim.

Calarei o meu amor por ti,

guardarei os meus sentimentos

como jóias antigas,

recordações

que não conseguimos largar.

Ficarão num guarda-jóias,

a chave será enterrada

naquela praia

que não nos esquece…

Sabes que te quero

e é por isso

que te peço.

Não esperes mais por mim.                                        

publicado por milualves às 18:16
Tags:

Abril 06 2010

Escuta

o meu silêncio,

o meu estar,

o meu calar.

Escuta

a voz em eco

que grita muda

o que não pode

falar.

Escuta

a noite escura,

a nuvem que passa

o sol que perdura.

Escuta

o calor da minha mão,

o bater

do meu coração.

 

Escuta

em silêncio.

O que sinto por ti.

 

 

VANDA PAZ

in ( Brisas do Mar)

 

publicado por virginiabranco às 18:15
Tags:

Abril 06 2010

Passeias pela rua

com destino

casual.

Camisola pelo umbigo

e olhar

sensual.

Trazes a força

de uma vida

sem a escolha

apetecida

de um amor

sempre igual.

 

Dão-te a mão,

levam-te o corpo,

numa noite

de fugida.

Finges que tens

o conforto

de uma cama aquecida.

 

Tuas lágrimas

já secaram.

Tua boca

já não grita.

Mas segues o sonho

e dás-te por completo

como quem ainda acredita.

 

 

VANDA PAZ

in (Brisas do Mar)

publicado por virginiabranco às 17:29
Tags:

Março 26 2010

Por vezes,

fixo o meu corpo

ao chão

e solto-me dele.

Deixo-o

na rotina da vida

e sigo

os meus sonhos.

Por vezes,

a vida sorri,

o coração acelera,

o sonho

torna-se realidade.

Por vezes,

encontro-me

nos teus braços

e beijo-te.

 

 

 

publicado por virginiabranco às 20:47
Tags:

Março 21 2010

das pedras que perfazem o meu corpo

esculpido a ferros engrenados no tempo

nasce um rio de leito aberto como um sopro

águas puras que escrevem meu testamento

 

passa fresco em terras secas de outras mãos

chora a fome na planície de um olhar

pelas sementes que sem amor morrerão

pela colheita triste de um solo a chorar

 

e jaz aqui as palavras que um dia sorriram

na altivez de uma vida cheia de sonhar

esperam agora pelas palavras que já partiram

 

num consolo tranquilo ávido de descansar

entre as raízes grossas de um abraço lento

morre o poema com palavras de esquecimento

publicado por Vanda Paz às 17:33
Tags:

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

blogs SAPO